Tratamento para Disfunção Erétil

Você está em: Disfunção Erétil tem cura. Experimente WorkForce Tadafil e drible a impotência sexual. > Tratamento para Disfunção Erétil

Publicado em 23/11/2017 10h39

Para saber mais sobre Impotência Sexual, cadastre-se.

Antes de submeter-se a algum tipo de tratamento para disfunção erétil, é necessário identificar a principal causa, as quais podem ser várias. As mais comuns são: ansiedade, diabetes, colesterol descontrolado, hipertensão, obesidade, sedentarismo e tabagismo.

Tratamento para Disfunção Erétil

A grande procura por alternativas para driblar a impotência sexual impulsou a medicina a oferecer soluções e tratamentos para disfunção erétil.

A disfunção erétil atinge quase 50% dos homens acima de 40 anos, segundo a SBU (Sociedade Brasileira de Urologia).
 

Veja abaixo alguns tipos de tratamento para disfunção erétil:

Tratamento por Fatores Psicológicos

A impotência sexual pode estar relacionada a ansiedade ou medo. Há casos em que o homem leva dentro a mente a necessidade de impressionar a parceira ou simplesmente a ansiedade gira em torno de não falhar na hora H. Caso este seja seu problema, procure um profissional sexólogo. Este profissional o ajudará a tratar estes tipos de bloqueio.

Revascularização

Há homens que possuem problemas nas artérias que irrigam o pênis, neste caso, é indicado a revascularização. É necessário procurar um profissional urologista.

Bomba de vácuo

É um cilindro em que o pênis é introduzido e são vendidos em sex shops. A sucção proveniente da bomba causa pressão no pênis e isso ajuda no fluxo sanguíneo do pênis, favorecendo a ereção.

A bomba de vácuo é usada em pacientes que precisaram remover a prótese peniana por infecções ou rejeição. 

 

Prótese peniana inflável

Esta prótese possui cilindros infláveis no pênis (implantada na região escrotal) conectados a uma bombinha com líquido, que simularia o sangue. Ao acionar a bomba, o líquido é drenado para o cilindro, promovendo a ereção. Após o ato sexual, o líquido precisa voltar para a bombinha, então, o pênis deve voltar ao estado de flacidez e deve ser levemente pressionado para baixo.

O paciente precisa ficar internado durante 24 após a cirurgia, a qual dura cerca de duas horas. A atividade sexual pode ser retomada cerca de 30 dias depois da cirurgia. 

O investimento é alto. Fora a cirurgia, a prótese custa em torno de 40 mil reais.

 

Leia também: Remédio para Disfunção Erétil

Tratamento para Disfunção Erétil

Prótese peniana maleável

A prótese maleável é a mais simples e de menor custo. A cirurgia custa por volta de 3 horas e o paciente fica internado durante 24 horas. O procedimento realizado pelo médico é a introdução de uma haste metálica no pênis do paciente. Na hora da penetração, basta elevar o pênis.

O pênis do paciente ficará rígido continuamente. Sendo assim, o paciente pode ter que procurar cuecas especiais para melhor conforto e acomodação do pênis.

A cirurgia custa por volta de 3 mil reais.

Injeção intra-cavernosa

A injeção intra-cavernosa é indicada quando os medicamentos não surtem efeito. Alguns pacientes não gostam deste método por terem pavor de agulha. Após a aplicação não é necessário nenhum estímulo. O medicamento age em cerca de 15 minutos aumentando o fluxo sanguíneo levando a ereção, que pode variar de acordo com a dose injetada.

A injeção intra-cavernosa pode causar alguns efeitos colaterais como alergias.